segunda-feira, 30 de maio de 2016

Sobe para 3h tempo de integração entre ônibus e metrô no Retiro

video

30/05/2016 - G1 BA

domingo, 29 de maio de 2016

Integração de ônibus metropolitano com metrô será ampliada a partir de domingo (29/05/2016)

28/5/2016 - R7

Passageiro que fizer a integração entre dois sistemas, em até três horas, pagará uma passagem
  

Integração Metrô estação do retiro
Foto: Daniele Rodrigues

A partir deste domingo (29), todas as linhas de ônibus da Região Metropolitana de Salvador com destino à Lapa, que chegam à capital baiana via BR-324, estarão integradas ao metrô no terminal do Retiro.

O passageiro que fizer a integração entre os dois sistemas por meio dessas linhas, em até três horas, pagará apenas uma passagem.

No mesmo dia, começa a valer a interoperabilidade dos cartões, ou seja, o Metropasse dará acesso ao metrô e o cartão do metrô será aceito nos ônibus metropolitanos.

Para facilitar a identificação das linhas cadastradas, os passageiros devem procurar por veículos identificados com um adesivo no para-brisa, indicando que aquele ônibus participa do novo sistema.

Já no metrô, o usuário pode embarcar em qualquer estação e depois pegar o coletivo cadastrado. O benefício vale para quem vai de ônibus metropolitano para o metrô e vice-versa.

Os cartões Metropasse e do metrô devem ser adquiridos nos postos de vendas das respectivas operadoras, a Abemtro (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Rodoviário do Estado da Bahia) e a CCR Metrô Bahia. Os cartões e créditos da CCR Metrô Bahia devem ser adquiridos nas bilheterias das estações do metrô.

http://noticias.r7.com/bahia/integracao-de-onibus-metropolitano-com-metro-sera-ampliada-a-partir-de-domingo-29-28052016

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Metrô de Salvador tem mais 5 trens e amplia o horário de funcionamento

14/05/2016 - Tribuna da Bahia

O Metrô de Salvador funcionará das 5h à meia-noite, todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados, a partir deste domingo (15/5). No mesmo dia, cinco novos trens serão incluídos à frota, reduzindo o intervalo entre os trens para 6 minutos nos horários de pico dos dias úteis. O usuário levará 17 minutos de Lapa até Pirajá.

Com a ampliação do horário e com os novos trens, o metrô passará a atender também os usuários que dependem de transporte público noturno, seja para trabalho, estudo ou lazer, mantendo a qualidade do nosso padrão de atendimento ao usuário, com segurança e conforto.

O metrô já transportou mais de 15 milhões de passageiros desde o início da operação assistida há quase dois anos e tem capacidade para atender 300 mil usuários por dia útil com o horário ampliado.

Com a inclusão dos novos trens no sistema, o intervalo entre os trens cairá para 6 minutos nos horários de pico e 8 minutos no horário regular nos dias úteis, e até 10 minutos nos sábados, domingos e feriados. Quando a Linha 2 estiver concluída esse intervalo poderá reduzir a três minutos.

Cinco novos trens serão incorporados à frota atual, totalizando onze composições. Os novos trens são fabricados no Brasil pela Hyundai Rotem e têm ar-condicionado em todos os carros, portas de embarque/desembarque mais largas, sistemas de vídeo (câmeras de vigilância), passagem livre entre carros (gangway), sistema de informação aos passageiros por meio de monitores do tipo LCD; sistema de vídeo para comunicação com o usuário (veiculação de publicidade e informações institucionais).

Cada novo trem conta com 202 assentos acolchoados e a capacidade máxima aproximada de lotação é de 1.000 lugares, se somados com os passageiros em pé, a exemplo dos trens atuais. Cerca de 12% do total de assentos em cada carro será destinado aos usuários preferenciais (idosos, gestantes e pessoas com deficiência). Haverá dois espaços para cadeirantes por trem, perfeitamente identificados – segue a mesma configuração do trem atualmente em circulação.

Cada trem tem 22 câmeras embarcadas nos carros, com transmissão em tempo real para o CCO. Dessas câmeras, duas são externas nas extremidades, para visualização da via e das estações, pelo Centro de Controle; e mais uma câmera no interior de cada cabine de comando, nas extremidades dos trens.

Até 2017, a CCR Metrô Bahia terá 34 novos trens de 4 carros cada, totalizando 40 composições. Já se encontram em Salvador 12 novos trens no Pátio Pirajá, dos quais cinco entrarão em operação a partir deste domingo, dia 15/05, e os outros estão em processo de testes. Quando a Linha 2 estiver em operação, o intervalo entre os trens pode ser reduzido para três minutos.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Trecho do metrô de Salvador terá edital lançado semana que vem

19/04/2016 – Correio da Bahia

O governador Rui Costa informou nesta terça-feira (19) que será publicado no Diário Oficial do Estado na próxima semana o edital para escolha da empresa que irá construir o tramo 3 da linha 1 do metrô de Salvador. O trecho custará R$ 1,25 bilhão, dos quais RR$ 330 milhões fazem parte do contrato de operação com a concessionária CCR, R$ 120 milhões são contrapartida do governo e o restante – R$ 800 milhões – entram como financiamento pelo PAC Mobilidade, através da Caixa Econômica Federal.

O contrato de financiamento com a Caixa já foi assinado. O anúncio foi feito durante a assinatura da ordem de serviço para requalificação de 40 ruas do Centro da cidade, em frente ao Teatro Iceia, no Barbalho. Esta nova etapa prevê a construção de um trecho de 5,6 quilômetros, que vai ligar Pirajá a Águas Claras.

Serão duas estações: uma em Campinas de Pirajá e a segunda em Águas Claras, que irá se integrar à futura estação metro-rodoviária, por onde circularão, além do metrô, o BRT e os ônibus municipais e intermunicipais. O trecho já conta com licença ambiental prévia, concedida pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

“Num primeiro momento, assim que tivermos toda a documentação, vamos lançar o edital do RDC, que é o Regime Diferenciado de Concessão, um modelo mais rápido, que é um leilão, onde o vencedor vai ser obrigado a fazer o projeto básico, o executivo e as obras. Deve levar uns 60 a 90 dias no máximo e aí você assina o contrato e a empresa tem de quatro a seis meses para começar as obras. É possível que até o final do ano já podemos ter iniciado as obras, depende da aprovação do projeto”, disse o secretário de Desenvolvimento Urbano do estado, Carlos Martins.

A própria CCR, que já toca as obras dos demais trechos do metrô de Salvador, poderá entrar na disputa para executar as obras do trecho. Ainda não há uma previsão de quando as obras deverão ser concluídas, mas o secretário informou, anteriormente, que a partir de julho, o metrô terá condições de iniciar a operação na Linha 2, entre as duas primeiras estações do trecho. As obras da Linha 2 têm 24% de avanço físico e das 12 estações previstas até o Aeroporto, 10 já estão construção.

Quando ficar pronta, até o final de 2017, a Linha 2 vai permitir que o trajeto de 23 km entre o Acesso Norte e o município de Lauro de Freitas seja percorrido em 27 minutos, passando pelas 13 estações que compõem o trecho. Destas, seis terão integração com os terminais de ônibus: Acesso Norte (já em operação), Rodoviária, Pituaçu, Mussurunga, Aeroporto e Lauro de Freitas. A previsão é que, após concluído, o metrô transporte 500 mil passageiros por dia.

Ainda de acordo com o secretário Carlos Martins, a estação metro-rodoviária, que será construída em Águas Claras, contará com um shopping ou um centro de compras, cujo projeto será tocado pela Secretaria de Infraestrutura do estado (Seinfra).


quinta-feira, 14 de abril de 2016

Com 24% de obras, linha 2 do metrô de Salvador inicia operação em julho

13/04/2016 - A Tarde

O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, vistoriou nesta quarta-feira, 13, as obras da Linha 2 do Metrô de Salvador. Ao lado do presidente da CCR Metrô Bahia, concessionária que administra o sistema metroviário, Luis Valença, Martins gostou do que viu e afirmou que as obras seguem ocorrendo dentro do cronograma. Segundo ele, a Linha 2 terá condições de iniciar operação a partir de julho, entre as duas primeiras estações do trecho: do Acesso Norte ao Detran.

As intervenções da Linha 2 estão em 24% de avanço físico. Das 12 estações, 10 já estão sendo construídas. Quando ficar pronta, até o final de 2017, a Linha 2 vai permitir que o trajeto de 23 quilômetros, entre o Acesso Norte e o município de Lauro de Freitas, seja percorrido em 27 minutos, passando pelas 13 estações que compõem o trecho.

Deste segundo percurso, seis estações terão integração com os terminais de ônibus: Acesso Norte, Rodoviária, Pituaçu, Mussurunga, Aeroporto e Lauro de Freitas.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Obras da Linha 2 do metrô têm início na região do Aeroporto

09/04/2016  - Tribuna da Bahia

Quem passa pela Avenida Paralela já pode ver a movimentação dos trabalhadores e a montagem dos tapumes para o início das obras da Linha 2 do metrô na altura do Aeroporto Internacional de Salvador. As obras seguem em ritmo acelerado e vão garantir a ligação entre a Estação Acesso Norte, na capital baiana, e o município de Lauro de Freitas.

Três estações da Linha 2 estão com a construção avançada. A Estação do Detran tem 48% da obra concluída, Imbuí está com 35% e CAB tem 25%. A previsão é que o trecho entre o Acesso Norte e a Rodoviária esteja concluído até setembro deste ano. Outro trecho, Imbuí-Mussurunga, terá todas as estações prontas até o fim de 2016. Já a Estação Aeroporto deve ser entregue em abril de 2017.

Salvador conta com a operação de parte da Linha 1, que teve o projeto original inaugurado em 2014 e hoje possui 12 quilômetros de extensão e oito estações: Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Bonocô, Acesso Norte, Retiro, Bom Juá e Pirajá.

quinta-feira, 24 de março de 2016

CCR Metrô Bahia faz testes nos novos trens


23/03/2016 – CCR Metrô Bahia

CCR Metrô Bahia faz testes nos novos trens

A CCR Metrô Bahia informa que hoje (23), os torcedores do Bahia poderão contar com o metrô para ir à Arena Fonte Nova mas, excepcionalmente, não haverá operação especial após o término da partida. Todas as estações do metrô (de Lapa a Pirajá) irão funcionar até as 22h. Após esse horário, haverá a execução de testes dos novos trens e obras de expansão para o início da operação da Linha2. No domingo (27/3), dia de jogo na Fonte Nova, o metrô não irá funcionar também pelo mesmo motivo.

Na quinta-feira (24/3), o horário de funcionamento do metrô será normal, das 5h30 às 22h. Na sexta-feira (25/3), devido ao feriado, as estações não abrem. No sábado, o horário será normal, das 5h30 às 14h30.

Funcionamento do metrô na Semana Santa:

23/3 e 24/3 – das 5h30 às 22h

25/3 – Fechado

26/3 – das 5h30 às 14h30

27/3 – Fechado